segunda-feira, 31 de julho de 2017

Ate Onde Ir?

 Este texto e dedicado aos iniciantes da arte de ler as laminas, quanto aos que já trilham este caminho, pois e sempre bom lembrar que a finalidade dos Oráculos e prever ou elucidar algo que não está claro e para isso devemos objetivar bem nossas perguntas e intenções, para que tenhamos a resposta o mais clara possível.
Quando iniciamos os estudos oraculares, de toda forma e filosofia, a curiosidade nos assola e fazemos perguntas de todo tipo, a inocência dos iniciantes os protege. Mas com o tempo e pratica, deixamos de ser inocentes e leigos para nos tornar buscadores, à medida que nos orientamos pelas laminas e constatamos suas possibilidades de assertividade nas orientações de nossas questões , deixamos de ser iniciantes e seguimos no caminho dos estudos para cada vez mais nos aperfeiçoarmos nas leituras e nas praticas de leituras de laminas, este e o caminho de alguns.

Gostaria de lembrar que quando abrimos as laminas, estamos observando e estudando
situações e fatos de nossos clientes e de pessoas e fatos ligados a este cliente também, durante a consulta se move energia e direta ou indiretamente tocamos partes da historia do outro ou mesmo quando abro as laminas para fins de aperfeiçoamento, também movo a energia e acesso minha historia, mesmo que o cliente seja eu mesma. Energia, oráculos, previsões e orientações vindas de laminas que foram consagradas para ser seu próprio oraculo, pedem respeito e cuidado e acima de tudo devem sempre esbarrar em questões de ética, ate onde posso ir com o oraculo? Qual o limite de alcance deste oraculo? Qual a responsabilidade do cliente em relação a determinada dificuldade?  


Capacidade de prever o oraculo tem, quanto mais aprofundado e estudado, os significados do oraculo, proporcionam ao oraculista mais capacidade de observação e certamente de ampliar sua intuição . Com toda essa bagagem de estudos e praticas, a esta altura o oraculista já devera saber que o que vier de suas leituras também será de sua responsabilidade, aquilo que e dito e aquilo que deixou de ser dito, sempre lembrando que o cliente decidira seguir ou não  com suas orientações, usando  seu livre arbítrio.


Estudar e praticar para si e para os que buscam as orientações das cartas é sempre um exercício de aperfeicoamneto, que traz mais vocabulário ao cartomante quando une a teoria com sua experiência de vida e sua intuição. Por isso , vivencie as cartas e seus significados , busque novas palavras para expressar aquela carta, não pare de estudar , ninguém possui verdades absolutas há sempre algo novo a ser desvendado, Porque mistério sempre há de pintar por aí (Gilberto Gil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário